Segurança Pública

MJ seleciona projetos de tecnologia da informação para uso em segurança pública

Publicado por Site da Segurança

O Ministério da Justiça selecionou dez projetos em tecnologia da informação para o uso em segurança pública, que foram apresentados e debatidos no 1º Laboratório de Participação e Inovação para Redução de Homicídios (LabPi).

Os projetos selecionados foram apresentados no dia 22/10 com participação de especialistas nas áreas de segurança pública, desenvolvimento de software, design, geoprocessamento e pesquisadores, todos colaborando com sugestões para evolução dos projetos e na elaboração de uma proposta de plano ação para execução do projeto junto às políticas de segurança pública para redução de homicídios.

Os critérios avaliados foram o interesse público, a usabilidade e transparência. Ou seja, o projeto deve contribuir para a redução de homicídios, gerar valor para atividades relacionadas à segurança pública e/ou agregar à produção de informações sobre segurança pública. da mesma forma, foi levado em conta a facilidade de utilização pelo usuário e adoção pela sociedade.

A iniciativa é uma parceria da Secretaria Nacional de segurança Pública (Senasp) com a Secretaria Executiva do Ministério da Justiça. Ao longo do evento, os responsáveis pelos projetos elaboraram planos de ação com propostas para seu aprimoramento e divulgação no âmbito das políticas de segurança pública.

Os 10 projetos selecionados, foram: ePericia – Palmas/TO; Força Tarefa Brasil – Brasília/DF; Juntos pela Segurança – Maceió/AL; Onde Fui Roubado – Salvador/BA; Prever para poder prover – São Paulo/SP; Radarea – Brasília/DF; SIMVIDA – Belém/PA; Smart Policing – Rio de Janeiro/RJ; Vigilante – São Paulo/SP e WikiCrimes – Fortaleza/CE.

Ministério da Justiça

facebook.com/JusticaGovBr
flickr.com/JusticaGovbr
www.justica.gov.br
[email protected]

Sobre o autor

Site da Segurança

Informação para sua proteção!

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.