As mais comentadas

PMs do Rio vão usar câmeras em uniformes

Publicado por Site da Segurança

A partir do dia 16 de maio de 2022, policiais militares de dez batalhões do Rio de Janeiro vão começar a trabalhar com câmeras instaladas em seus uniformes. O objetivo é aumentar o controle da atividade policial, e também dar maior segurança jurídica para as abordagens. A instalação obedece a uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa do estado, em maio do ano passado.

Somente nos três primeiros meses deste ano, foram registradas 318 mortes em ações de agentes de segurança pública no estado, e em muitos desses casos, os familiares das vítimas afirmam que a agressão foi injustificada.

A nova tecnologia já está sendo usada por policias do estado de São Paulo, onde a letalidade policial caiu 85%, considerando os números dos 18 batalhões participantes. Já aqui no Rio, as câmeras foram testadas durante o réveillon.

Inicialmente, os equipamentos serão utilizados por agentes de dez batalhões. Todos ficam na capital. Mas até o final de maio, a tecnologia também será estendida para quatro municípios da região serrana.

De acordo com a Secretaria de Estado de Polícia Militar, a expectativa é que as oito mil câmeras adquiridas entrem em operação em todas as unidades operacionais convencionais do Rio de Janeiro até o final do primeiro semestre deste ano. Já as unidades especializadas, como o Bope, o Batalhão de Operações Especiais, e o Batalhão de Choque, só receberão as câmeras posteriormente.

De acordo com o secretário coronel Luiz Henrique Marinho Pires, o processo de implantação está seguindo normas técnicas estabelecidas com a empresa contratada. Ele complementou que o sistema demanda instalações adequadas para guardar os equipamentos, recarregar as baterias e armazenar as imagens. Além disso, todos os agentes precisam ser capacitados para o uso.

Fonte: Publicado em 28/04/2022 – 12:05 Por Tâmara Freire – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro. Edição: Vitória Elizabeth/ Renata Batista

Sobre o autor

Site da Segurança

Informação para sua proteção!

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.